Semana da Mobilidade Intel 2007

Essa semana parece ser a semana dos eventos aqui em Brasília. Ontem fui em um evento sobre soluções de virtualização de ambientes e hoje fui conferir a Semana da Mobilidade Intel 2007. Esse evento que ocorre todos os anos está sendo realizado nesse ano em Brasília no Hotel Mercure no Setor Hoteleiro Norte.

O evento começou às 18 horas, porém como de costume, cheguei um pouco atrasado, ou seja, no final da primeira palestra. Não sei qual o nome do primeiro palestrante, apenas percebi que o mesmo não fala português. A primeira palestra contou alguma das principais tecnologias existentes hoje no mercado de redes sem fio e como a Intel está trabalhando na mobilidade dos usuários.

A segunda palestra já pude acompanhar melhor. Foi ministrada por Kecin Hiroyuki Shirazawa da Cisco. Iniciou mostrando a agenda de sua palestra. Logo após iniciou a introdução ao tema falando como a Cisco está trabalhando com tecnologias sem fio. A Cisco hoje não adota um único padrão para uso em seus equipamentos, sendo que ela está mais intencionada em tornar o ambiente, seja qual foi a tecnologia, mais simples para o usuário. Kecin chamou a atenção para o constante crescimento do mercado de redes sem fio, já que no ano de 2005 a venda de computadores portáteis foi superior à de computadores de mesa no mercado americano. Consequentemente o mercado de pontos de acesso Cisco cresceu vertiginosamente.

Depois disso, o palestrante falou sobre a cidade conectada. Nessa cidade idealizada pela Cisco, a mobilidade aliada ao trabalho colaborativo irá tornar todos os processos mais ágeis e simples. Como exemplo, o uso de câmeras de segurança interligadas às centrais de segurança, medidores de água utilizando alguma aplicação específica para comunicação com os funcionários da empresa de abastecimento da cidade. Por fim, a possibilidade de incluir um roteador móvel em carros.

Kecin falou sobre dois casos de sucesso na criação de uma estrutura de cidade sem fio. Seu primeiro exemplo foi a cidade de Tiradentes, no interior de Minas Gerais. A Cisco instalou 2 pontos de acesso na cidade, com policiamento de banda e tráfego, sistema de Firewall e autenticação dos usuários. Esses pontos de acesso provêem acesso a Internet por banda larga aos moradores da cidade. Além disso, inclui também telefonia IP e câmeras de vigilância sem fio. O segundo exemplo citado foi a cidade modelo Conservatória no Rio de Janeiro.

A terceira palestra foi ministrada por Ricardo Frois da Microsoft. Sim, eu assisti a uma palestra da Microsoft! Realmente não tenho nada contra seu modelo de negócio, apenas o acho um pouco ultrapassado. 🙂 Ou talvez queira apenas conhecer melhor o “inimigo”! hehehe… Enfim, Ricardo veio até o evento com o intuito de apresentar o portfolio de soluções em segurança e gerenciamento para uma rede Microsoft.

Fez sua palestra apresentando para cada ambiente qual o produto recomendado para a situação. Os produtos que mais foram comentados, além dos óbvios da Microsoft, como ISA Server, Active Directory (com gerenciamento de identidade), Windows Vista, por exemplo, foram a solução de antivírus da Microsoft chamada ForeFront, o System Server como solução de gerenciamento da rede e o Exchange Hosted Services como solução de filtro de correio corporativo.

O Microsoft ForeFront é um antivírus para estações de trabalho e servidores corporativos. Ele utiliza 9 engines de diferentes antivírus em sua composição. Isso é possível graças devido a comopra, pela Microsoft, do direito de uso sobre as assinaturas criadas por diferentes laboratórios, como o Sophos, CA, Kaspersky Lab, Norman, etc. Cabe a Microsoft realizar a mesclagem de todas as bases de assinaturas em uma única para assim atualizar os clientes do ForeFront. Outra característica da aplicação é como ele trabalha com as 9 engines ativas, já que apenas as duuas engines que tiverem as bases de dados mais atuais realizarão a monitoração da estação da trabalho.

A solução System Server possui diversas aplicações menores responsáveis por uma gerência em camadas do ambiente de rede, incluindo funcionalidades desde a geração de relatórios até a aplicação de correções em clientes.

A outra solução chamada Exchange Hosted Services não é uma aplicação, mas um serviço oferecido pela Microsoft, sendo que ela funciona como intermediária no recebimento de todo o correio da organização. Ou seja, a Microsoft filtra o seu correio e entrega para o cliente já com uma primeira limpeza. As mensagens ditas como “sujeira” são colocadas em quarentena para que o cliente tenha a possibilidade de recuperar mensagens erroneamente limpas.

Por último, existe um conjunto de aplicações, como o RMS (Right Management Services) para controle de acesso a documentos, como arquivos do Microsoft Office. Outra aplicação, o BitLocker, realiza nativamente em algumas versões do Windows Vista, a criptografia de arquivos no disco rígido do usuário.

E para finalizar isso tudo, nada melhor do que um bom coquetel, com algumas regalias como Whisky Red Label, champanhe e canapés. Depois disso tudo, não tinha mais o que fazer senão ir embora! Não devo ir nos próximos dias do evento, porém, creio que estajam bem organizados e focados nos temas. Quem puder comparecer nos outros dias, o evento é gratuito e irá até domingo (24).

Eu vou ficando por aqui. Quaisquer dúvidas sobre algo que tenha visto por lá, é só comentar! 🙂

Até mais! 😀

Um comentário sobre “Semana da Mobilidade Intel 2007

  1. Avatar
    Tatiana disse:

    Olá, você falou que assistiu uma palestra com o Kecin. Ja trabalhei com ele, mas estou tentando passar e-mail pra ele ha um tempo e sempre volta com erros.
    Você tem alguma forma de entrar em contato com ele?
    Se tiver, mande pro email.
    Att,
    Tatiana Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *