Senhor dos Anéis: A Batalha Pela Terra Média 2

Opa! Olha eu vindo aqui novamente e para falar de jogos! 😀 Irei escrever hoje sobre uma das seqüências dos jogos baseados no livro/filme Senhor dos Anéis. Ao contrário do ocorreu com o post anterior sobre o jogo God of War, eu ainda não terminei este jogo e talvez venha a demorar um pouco ainda, mas já foi o suficiente para perceber as qualidades e defeitos deste título. Sendo assim, podem ler sem maiores problemas que não haverão spoilers. Este texto então será algo como as primeiras impressões do jogo.

Capa do LOTR

O segundo título da série foi lançado para a plataforma PC e Xbox 360. No meu caso eu comprei para PC, já que não tenho um Xbox 360. 😛 Mas creio que o jogo em si deve ser basicamente o mesmo. Já existe inclusive uma expansão para o jogo que não sei bem se irei comprar, como já explico abaixo. Foi desenvolvido pela EA Los Angeles e publicado pela EA Games, tendo seu lançamento oficial no dia 2 de março de 2006.

Para quem gosta da série, como eu também gosto, apesar de não ser nenhum fã extraordinário, irá gostar do enredo e história do jogo que é ligado aos fatos da história original. A intensão é tentar abordar os fatos que não são mostrados na história, como “o que ocorre enquanto a sociedade do anel vai em missão para destruir o anel?”.

O jogo em si é bem simples, já que existe um pequeno tutorial para os comandos básicos e outro um pouco mais avançado com táticas militares, mas nada que não seja possível aprender sozinho. Porém, recomendo o tutorial devido as pequenas dicas. Enfim. Existem basicamente seis raças para se jogar neste jogo: Elfos, Anões, Goblins, Homens Ocidentais, Mordor e Isengard. Cada uma das raças possuem alguns tipos de estruturas similares com outras específicas. Nada de muito diferente.

Neste jogo existe também a possibilidade de uso dos Heróis da série, como Arwen, Gimli, dentre outros. Essas unidades especiais possuem diversos poderes extras consigo, além de serem extremamente poderosos. Seu uso pode desiquilibrar o jogo.

Além do modo Online, as campanhas (Good e Evil), contamos ainda com o estilo War of the Ring, que funciona como um jogo de tabuleiro, como o famoso War. Nesse interessante modo, que tem seu funcionamento baseado em turnos, os exércitos devem conquistar toda a Terra Média que é dividida em regiões. As batalhas podem ser travadas através do modo in-game ou automaticamente como uma “rolada de dados”, onde o fator sorte e chance faz mais diferença que suas habilidades como general. Não tive tempo de jogar esse modo ainda, mas não faltarei a ele.

Durante os jogos tradicionais, algo que é muito utilizado é a possibilidade de invocar poderes divinos externos que são adquiridos conforme é travado batalhas. Isso lembra muito outros jogos com essa possibilidade, como Age of Mythology da Microsoft Studios.  Recurso bem-vindo, já que adiciona novas possibilidades de estratégias para o jogo.

A jogabilidade está boa, já que as unidades respondem sem maiores problemas, conseguem geralmente encontrar o caminho para o destino de maneira simples, porém ainda existem alguns entraves, como bugs que permitem unidades atravessarem paredes, inimigos que “entram” nas construções de maneira que não são atingidos, e outros pequenos problemas que poderia ter sido otimizado. Os gráficos estão muito bons, ainda mais considerando que é um jogo que irá fazer 2 anos ainda não é algo que possa ser facilmente jogado em qualquer computador com uma placa de vídeo xingling.  A diversão pode ser modificada em uma partida Online, já que as campanhas são um tanto que enjoativas, por envolver objetivos simples demais por vezes.

Para o objetivo a que se propõe, Senhor dos Anéis: A Batalha pela Terra Média 2, cumpre sem problemas, mas não criando nenhum jogo desafiador para o jogador que provavelmente estará bem acostumado a outros títulos de RTS disponíveis no mercado. Em um feriado ou final de semana, quem sabe não seja a hora de aproveitar essa belezinha?

Abraços que eu vou voltar a jogá-lo! 🙂

14 comentários sobre “Senhor dos Anéis: A Batalha Pela Terra Média 2

  1. Avatar
    tiago disse:

    o amigo q escreveu este artigo….creio q tbm gosto do senhor dos anéis…u q me embaraça um poco é q eu estava jogandu em skirminsh..criei no mapa minas tirith…eu estou bem só q toda minha populaçao está dentro da cidade…estava contra 2 computadores em nivel médio..quando eu estava bem…com muitos sodados dentro da cidade..quando de-repente…eu perco a fase…du nada!você q joga bastante pode me explicar ou alguem..como q isso acontece…??/sem nenhum soldado do inimigo entra na minha cidade…e eu estar bem evoluido???muito obrigado…

  2. Avatar
    victor disse:

    tiago acho q esse erro foi nao foi bem um erro deve ter sido do modo q vc botou a fase tipo aquele q quem domina um certo território no mapa por um tempo ganha (geralmente 15minutos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *